Capa---1

Psicologia e alimentação, as bases do nosso bem estar.

Há quem pense que a nossa alimentação diz respeito somente a necessidade de nutrientes e vitaminas que o nosso corpo precisa. Porém, os nossos hábitos alimentares estão totalmente ligados diretamente a diversos aspectos, sejam ele físicos, comportamentais ou emocionais. Por isso, é importante mantermos o equilíbrio de todos esses fatores com procedimentos eficazes, como é o caso da terapia alimentar. 

texto1

Esse tratamento, conhecido também como TCC – terapia cognitiva-comportamental, resume-se na compreensão e na ressignificação dos pensamentos e ideias que o paciente têm a respeito da alimentação. “Como assim Dra.?” A terapia procura entender como a maneira que nós interpretamos nossos sentimentos (tristezas, alegrias, conquistas) pode influenciar em hábitos ruins ou não saudáveis, como vícios e distúrbios alimentares. 

O mais importante é que a terapia alimentar não é usada somente em pacientes cujo objetivo é perder peso, ela pode ser usada para todos os transtornos alimentares como a bulimia, anorexia e obesidade. Lembrando que, o mais saudável é sempre evitar os excessos e garantir uma rotina de alimentação balanceada e com baixo teor calórico. Pensando nisso, eu separei uma lista de 3 coisas que podem nos ajudar na prevenção dos transtornos alimentares, olha só:

Exercite o corpo e a mente: garanta uma rotina diária de exercícios que, além de melhorar o seu condicionamento físico, te ajuda a distrair a mente. Eu sempre faço corridas e procuro exercícios funcionais para fazer aqui em casa.

Durma corretamente: Ter o sono regulado é a melhor forma de garantir uma rotina alimentar em dia. Além de melhorar o nosso bem estar, o sono é responsável por diminuir os níveis de estresse e ajudar na perda de peso. 

Aposte em uma dieta controlada: Essa é uma das dicas mais importantes. Conte com a ajuda de um médico e monte um plano alimentar adequado para o seu tipo de corpo. 

texto2

Essas são dicas que eu uso e que posso dizer, são muito boas! O mais importante é entender que a nossa alimentação é a nossa maior aliada quando falamos em saúde e bem estar. Consulte o seu médico e tenha mais qualidade de vida com uma rotina balanceada e rica em boas energias. 

Compartilhe

21/05/20