Capa-1

Entendendo a fome: Os tipos de fome

Umas das dúvidas que eu mais recebo é  “Dra., como eu faço para regular a minha alimentação e sentir menos fome durante o dia?”. O primeiro passo para ter uma rotina alimentar menos calórica é entender a fome e os seus tipos, pois, diferentemente do que a maioria pensa, a fome se caracteriza de diversas formas em nosso dia a dia. Pensando nisso, decidi listar os quatro tipos de fome mais comuns e suas particularidades. 

FOME ORGÂNICA

Texto1 

Esse é o único tipo que podemos chamar de fome, no sentido literal. Ele se caracteriza pela necessidade do nosso corpo de se alimentar, ou seja, a fome surge quando precisamos de nutrientes e o corpo começa a dar pequenos sinais como dores de cabeça, fraqueza e dores no estômago. 

FOME EMOCIONAL

Texto2

Sabe aquela vontade de comer chocolate para passar o estresse do dia de trabalho? Essa é a fome emocional, que, na realidade, não está ligada à necessidade do nosso corpo em nutrientes, e sim a um conforto que encontramos na comida para um sentimento que sentimos naquele momento. Lembrando que é preciso ficar atento para esse tipo de fome, pois ela acontece quase que inconscientemente. 

FOME MENTAL

Texto3

A fome mental é estabelecida pelos horários rotineiros em que fazemos as refeições principais. Se você está acostumado a almoçar todos os dias às 13h, você sentirá fome por volta desse horário, isso vale também para o café da manhã e para o jantar. Uma dica para controlar a fome mental é diminuir os intervalos entre as refeições e consumir quantidades menores de comida. Dessa forma, seu corpo vai se acostumando e você não sentirá muita fome durante o dia. 

FOME DE HÁBITO 

Texto4

Esse é visto como o pior tipo, pois ele não vem acompanhado de fome e sim de vontade de comer. A fome de hábito é aquela que surge quando você vai fazer atividades específicas no seu dia, como assistir a um filme, por exemplo. Toda vez que você senta para ver televisão, o seu organismo sente que precisa de comida para concluir a atividade e, por isso, você sente vontade de comer. Nesse caso, eu recomendo que troque as gorduras e frituras por alimentos mais leves, como nozes e castanhas. 

A melhor forma de entender a fome é perceber se, ao longo do dia, você sente vontade de comer ou se o seu corpo necessita de proteínas e nutrientes. Tendo isso em mente, fica mais fácil manter uma alimentação saudável e sem exageros. 

Compartilhe

09/02/20