aberturablog_CHOCOLATECACAU

Chocolate x Cacau: Entenda as diferenças

aberturablog_CHOCOLATECACAU

Com a proximidade da Páscoa, tornou-se quase impossível fugir dele: o chocolate. Muitas matérias e pesquisas associam essa iguaria à inúmeros benefícios à saúde e de fato eles existem. O que acontece, contudo, é que a maioria do que já foi publicado ignora as diferenças entre o cacau, o chocolate ao leite e o chocolate amargo ou meio amargo.

Não se engane, comer barras e barras do chocolate ao leite tradicional não vai ajudar em nada a sua saúde. No texto de hoje, vou explicar de maneira simples e objetiva para vocês, a diferença entre os tipos de chocolate e sua relação com o cacau.

imgtxtblog_CACAU


CACAU, UM SUPERALIMENTO

Conforme falei, muitas pesquisas ressaltam a ação antioxidante do chocolate e o colocam na lista dos superalimentos, mas não estamos nos referindo aqui à barra comum de chocolate que você compra nos supermercados.

Quanto maior a porcentagem de cacau na composição da barra, maiores os benefícios. Daí a importância de se dar preferência para os amargos ou meio amargos. A porcentagem ideal para o consumo deve conter pelo menos 70% de cacau, para que haja algum benefício.

imgtxtblog_chocolate

QUAL A DIFERENÇA ENTRE CHOCOLATE E CACAU?

O chocolate tradicional nada mais é do que cacau processado, calcinado a altas temperaturas. Durante o processo de fabricação, muitas vezes mistura-se a manteiga de cacau à outros óleos vegetais para torná-lo mais durável. Xarope de milho e lecitina de soja são usados como emulsionantes, isso sem mencionar os altos níveis de açúcar.

Toda essa química é utilizada para baratear o processo e a fim de facilitar a comercialização do chocolate a preços competitivos. O que não costuma ser levado em conta nessa “conta” é a saúde do consumidor.

Já o cacau comercial é composto apenas de grãos puros do cacau bruto. O processamento é mínimo e preserva os antioxidantes e nutrientes benéficos do alimento. Para saber o que de fato está levando para casa, procure a palavra “raw” (cru) na embalagem do produto e verifique os demais ingredientes de sua composição.

OPÇÕES PARA UMA PÁSCOA MAIS SAUDÁVEL

Quando for preparar o cardápio de Páscoa, lembre-se: Páscoa não é só chocolate! Existem diversos outros pratos, sabores e paladares tradicionais da celebração que podem compor o seu cardápio sem oferecer riscos à sua saúde.

Separei uma lista com algumas dicas simples e deliciosas para uma Páscoa mais saudável:

 

  • Polvilhar cacau em pó por cima das frutas pode ser uma alternativa bem saborosa.
  • Experimente frutas picadas com pedacinhos de chocolate amargo.
  • Frutas secas e castanhas também fazem parte do menu de Páscoa: coloque amêndoas, castanhas, avelãs e uva passas à mesa


Espero que o texto tenha ajudado a esclarecer algumas das suas dúvidas sobre o assunto. Hábitos mais saudáveis são bem vindos em qualquer ocasião, inclusive nas mais especiais. Dar o primeiro passo é muito importante, mas o fundamental é manter-se firme nesse propósito.

Para quem se interessa pelo assunto, separei um texto com os 10 passos para manter uma alimentação saudável, uma leitura que indico a todos.

Compartilhe

14/04/19