Sem Título-1

Por que não consumir refrigerantes

Algumas vezes durante o dia temos aquela vontade de tomar um refrigerante, eis que surge a questão: Qual é o melhor para eu tomar? Diet, light ou zero? A resposta é: nenhum dos três.

Fizzy cola drink macro shot

Independente da versão ou marca, esta bebida gaseificada faz mal à saúde. Ela possui altos índices de açúcares, conservantes, gás, sódio, entre outras substâncias prejudiciais. Além disso, o refrigerante não tem valor nutricional, favorece a retenção de líquidos, leva ao aumento de peso, altera a pressão e provoca inúmeros problemas e doenças no organismo.

Vou listar alguns motivos para você evitar o consumo de refrigerante, não apenas como parte de uma reeducação alimentar, mas, principalmente, como forma de melhorar sua qualidade de vida:

  • Problemas Digestivos: por possuir um pH ácido  (semelhante ao do vinagre) e grande quantidade de gás carbônico, o refrigerante aumenta a fermentação no organismo e formando gases intestinais, o que pode causar desconfortos, dores, cólicas.
  • Doenças Cardíacas:  devido aos altos níveis de açúcares, sódio e cafeína em sua composição, o consumo do refrigerante aumenta as taxas de  glicose e gordura no sangue, que podem aumentar gradualmente a pressão arterial e oferecer riscos de doenças cardíacas, como o infarto.
  • Enfraquecimento Ósseo: o ácido fosfórico aromatizante contido nas bebidas causa aumento da acidez no sangue e dificulta o trabalho do estômago para produzir ácido gástrico. Dessa forma, pessoas que bebem refrigerantes regularmente podem desenvolver problemas como osteoporose, pois os ossos ficam muito mais frágeis.
  • Diabetes e Sobrepeso: uma lata de refrigerante contém, em média, dez colheres de sopa de sacarose. O consumo regular faz com que os níveis de açúcar no sangue aumentem bastante e diminuem a ação da insulina no organismo, o que pode levar ao desenvolvimento de diabetes. Junto a isso, todo açúcar ingerido que não foi convertido em energia durante os processos metabólicos, é acumulado em forma de gordura no organismo, aumentando o ganho constante de peso.
  • Insônia: A cafeína é um conhecido estimulante e é responsável pela perda de sono. Nos refrigerantes, existe uma grande concentração da substância, o que provoca insônia e estresse.

refrigerantesEvitar o consumo de refrigerantes, todas as versões possuem diversas substâncias que podem fazer mal a sua saúde. Mudar um hábito alimentar não tarefa fácil, mas é possível fazer substituições no cardápio de forma gradativa.

Sempre que possível, troque o refrigerante por bebidas ricas em vitaminas, fibras e sais minerais, como suco natural (sem açúcar), água mineral ou água de coco. Associando sempre a uma alimentação balanceada e exercícios físicos.

Compartilhe

27/08/18