ExGravidez1

Exercícios na Gravidez

Exercícios devem ser realizados em qualquer fase da vida e na gravidez não é diferente, por isso listei 5 benefícios da prática nessa fase da sua vida:

Menor risco de parto prematuro; Menor risco de diabetes gestacional; Melhora da sensação de bem estar; Maior preparação para o parto natural; e diminuição da ansiedade, estresse e do risco de depressão pós-parto.

O tipo de exercício vai depender do seu treinamento antes da gravidez, mas de forma geral, exercícios de impacto e com alta frequência cardíaca não são recomendados.

Beba água durante as séries e caso sinta dores lombares, cólicas, contração, dores de cabeça e tenha qualquer sangramento pare a atividade imediatamente!

Eu tenho feito exercício durante toda a gravidez. Parei por 15 dias com 9 semanas devido a um descolamento de saco parietal (sangramento e risco de aborto) e mais 15 dias com 29 semanas quando fiquei doente e fui internada. Parei os aeróbicos logo no começo principalmente pela pubeíte (dor no púbis causada pelos hormônios da gravidez e que me atormenta desde o segundo mês), continuei com a Yoga e a musculação. Acabei trocando a Yoga pela acupuntura (tempo é curto!) no último mês e por causa dessa dor chata no quadril. A musculação mantenho pois ela me ajuda no quadril, na postura (não tive dor lombar!) e me dá uma sensação de bem estar muito grande quando termino. Confesso que os treinos estão cada vez mais cansativos pelo peso maior da barriga mas seguimos até quando der!

CONSULTE SEMPRE SEU OBSTETRA antes de começar qualquer atividade!

Compartilhe

17/04/18